Seguidores

segunda-feira, 20 de julho de 2009

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O futuro ainda está nas nossas mãos



Ainda temos a felicidade de percorrer estas paisagens maravilhosas fazendo o que mais gostámos..




Aos achigãs..




Ao romper de uma manhã o rio envolto em nevoeiro, tornando a pesca em momentos miticos e unicos.. Por isso PRESERVEM..

video

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Chave do sucesso para o pescador de spinning existe?




Todos nós conhecemos algum pescador que é conhecido pelas pescarias que faz, a maioria das povoações à beira mar tem habitantes que são reconhecidos dos demais por serem grandes pescadores, pescam mais peixe que os outros, qual será a chave do sucesso desses pescadores?


A persistencia pode ajudar a obter bons resultados mas não é por si só um factor decisivo no sucesso das nossas jornadas de pesca

Um bom conjunto e umas amostras de qualidade facilitam e muito o sucesso de um pescador mas é preciso saber usá-lo, o velho ditado popular” é preciso ter unhas para tocar guitarra” podia ser aplicado nesta situação.

Talvez o factor mais importante, a experiencia do pescador é uma das mais valias do mesmo, as horas passadas junto ao mar ajudam a reter muitas lições, saber interpretar o porquê das grades ou o sucesso das capturas são um trunfo importante em futuras jornadas de pesca, existem conclusões que só se obtêm com muitas jornadas de pesca.

O sucesso de um pescador é um conjunto de muitas variáveis que todas somadas dão origem a capturas, um bom pescador não é aquele que captura trinta peixes num dia, ou captura um exemplar enorme mas sim aquele que vai capturando peixes com uma cadencia natural no rácio directo de jornadas de pesca.

Para existir sucesso com regularidade o pescador tem que saber em primeiro lugar eleger o pesqueiro em função das condições do mar, da amplitude da maré e das condições climatéricas.

Existem bons pesqueiros para diversas amplitudes de maré, dentro dos mesmos ainda existem factores que podem condicionar a nossa escolha como o vento ou a direcção com que a ondulação entra no pesqueiro

Existem horas que serão inevitavelmente por regra sempre melhores que outras, o nascer do dia e o fim do mesmo, eu particularmente prefiro o nascer do dia.
E ainda existe a pesca nocturna, que poderá sempre dar bons resultados em qualquer estação sendo para esta a claridade da água um factor muito importante.







Fase lunar, muitos são os pescadores que preferem certas fases lunares para fazer as suas pescarias, está provado cientificamente que as fases lunares influenciam em diversos factores os seres terrestres e aquáticos, eu porém nunca consegui obter uma conclusão directa e clara sobre qual a melhor fase lunar para pescar, muito do que se diz não passam de mitos, porque já fiz excelentes pescarias em todas as fases lunares e não existe uma fase lunar que se evidencie na quantidade de capturas ..

O ponto de água, existe uma altura de maré na maior parte dos pesqueiros que é a ideal para se conseguir capturas, já aqui no blog escrevi que os robalos em grande parte dos pesqueiros que frequento atacam os artificiais em alturas de maré especificas, esse é o ponto de água do pesqueiro.

Os dias anteriores e posteriores à nossa jornada de pesca são igualmente importantes para o sucesso de uma saída ao mar, se o mar esteve revolto durante uma semana ou se irá ficar revolto no dia a seguir tem uma influencia tremenda na actividade dos peixes o antes e o depois de uma “mexida de mar” são dias de maior actividade de peixe, com mais capturas .

Mediante o que acima afirmei o sucesso do pescador vai começar pela eleição do pesqueiro mediante as condicionantes que citei, um pesqueiro que nos deu grandes alegrias hoje amanhã pelo simples facto da direcção do vento ter mudado não irá dar captura nenhuma.

Outra coisa que deveremos ter em conta é a adaptação do material que usamos ao pesqueiro por nós eleito, não podemos cair em fundamentalismos na pesca, se assim pensarmos muitas das nossas jornadas vão estar destinadas ao insucesso.
Muitos pescadores adoptam ou querem pescar em “finesse” com linhas finas, canas curtas, equipamentos super ligeiros, deveremos pescar o mais fino que o pesqueiro nos permita mas tendo em conta que esse limite é imposto pelo pesqueiro.

Já existem poucos mitos na pesca, cada vez existe menos peixe o que impede que se consiga cada vez menos obtermos conclusões sobre métodos ou inovações que vamos utilizando.

Acredito que os bons pescadores nascem através da paixão que tem pela pesca , adquiriram sabedoria através do tempo, de muitas saídas sem peixe e da capacidade que tiveram de entender os porquês.. Porque é capturaram peixe em certas condições e com determinados artificiais e o porquê de não o fazerem em muitas outras ocasiões.

A pesca nunca será uma actividade exacta sem margem de erro, mas existe a real possibilidade de diminuirmos as nossas grades, acho que o sucesso desses pescadores que pescam mais deve-se em muito naquilo que em acima escrevi, existem ainda muitos outros factores com variáveis ainda mais complexas, se entrarmos em pormenores como pressão atmosférica, estação do ano, temperatura da água tudo se torna ainda mais complicado. A verdade é que não sou muito adepto de coincidencias , tento sempre entender o porquê de certos acontecimentos.

Tudo o que escrevi mal interpretado pode tornar uma actividade relaxante como pescar quase num exercício matemático, na prática as coisas são bem simples, acredito que seja complicado para quem se inicia pensar em tantos factores: Pesqueiro, hora para pescar , pontos de água, ventos, tonalidade da água, direcção da vaga, etc, etc..
Com o tempo quem se quiser aperfeiçoar no spinning vai acabar por pensar nesses factores todos quase de imediato, sem se aperceber mentalmente que o fez...

Por fim nem todos nascemos para ser pescadores, existe algo dentro de nós que faz parte da nossa Alma que deu o dom a alguns para serem melhores, para terem mais habilidade para pescar, nem todos nascemos pescadores assim como nem todos vieram ao mundo para serem jogadores de futebol.

E por fim podemos diminuir a nossa margem de erro, mas haverá sempre o factor surpresa, parece um antagonismo escrever isto no fim mas podemos retirar muitas conclusões mas haverá sempre o factor surpresa porque os peixes são seres vivos não são números de uma equação, na duvida é melhor sempre ir à pesca..