Seguidores

domingo, 10 de outubro de 2010

Piratas de Portugal

Um destes dias tive a oportunidade de visitar um armazém onde a Policia Marítima guarda os aparelhos e artes apreendidas fruto da pesca ilegal...

As imagens dizem tudo:








Simplesmente não temos ideia da quantidade de ilegalidades que se cometem diáriamente no mar, imaginamos mas pecámos por escassez..

Em conversa com o agente o mesmo confidenciou-me que os meios humanos e materiais são escassos para tantos infractores.
Num País a colapsar economicamente alguém de bom senso pensa que os governantes vão fazer algo para alterar esta politica?
Resta-nos esperar e continuar a ver o saque a continuar, os recursos a definhar e o tempo continua a passar..

Não deixa de ser engraçado assistir a blogosfera a crescer com espaços dedicados à pesca desportiva, infelizmente em vez de nos unirmos e alertar, sensibilizar e exercer alguma pedagogia muitos de nós fazem do seu espaço virtual uma passerelle de umbiguismo sem qualquer objectivo em comunicar o que mal se passa, é mais importante colocar um monte de peixes mortos e a amostra da moda.. Enfim,é o Portugal que temos...
Um dia chegará que não irá existir retorno..


3 comentários:

Sargus disse...

Viva Paulo.

Os meus parabéns pela entrada, em primeiro lugar.

É fácil avaliar e registar certas ilegalidades que se comentem por esse mar a fora, seja ele lúdico, desportivo ou profissional, é claro que incluo nessas três "capas", o furtivo.

Tiveste a hipótese de assistir in loco ao local onde a PM guarda os frutos proibidos ;)

Eu até compreendo a tua indignação para a blogosfera, tens razão, mas cabe a cada um de nos, publicar o que sente ou dá valor, para além dos peixes mortos como dizes, por exemplo no oceanus tento manter vários temas, não focando apenas a pesca, exemplares mortos ou amostras, não falo de locais ou spots, falo de experiências, falo do que vejo e gosto, do positivo e do negativo, etc.

mas não deixas de ter razão, hoje em dia é aceder à net e fazer Zapping pelos diferentes blogs, sites, ver as fotos, sonhar com o peixes que os outros apanham, tentar descobrir o spot onde foram capturados, etc.

Abraço do Alentejo

Paulo Martins disse...

Boas Fernando,

O teu blogue é o melhor a nivel a Nacional, sem sombra de duvidas, uma referencia que muitos deviam acompanhar e valorizar.

Lamentavelmente a malta é pouco unida e gosta das coisas de mão beijada, andam alguns a lutar e a divulgar algo que é para o bem de muitos.


Forte abraço

Sargus disse...

É verdade Paulo "Lamentavelmente a malta é pouco unida e gosta das coisas de mão beijada, andam alguns a lutar e a divulgar algo que é para o bem de muitos.", mas como tudo na vida, não se obriga ninguém a seguir algo ou a "cultivar" algo que não se identifica, e quando digo identifica poderia dar o exemplo de deixar lixo nos pesqueiros, respeitar os tamanhos mínimos, etc.

Também não me cabe a mim julgar ninguém, sigo o caminho que acho mais correcto...

Abraço e força

;)