Seguidores

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Robalos a monte





Como indica o titulo do post, são mesmo robalos a monte.. Não vou entrar em considerações de caracter pessoal porque estes senhores são profissionais, penso que as imagens dizem tudo..

Agora não posso deixar de fazer futurologia, com esta pressão de  pesca não será muito risonho o futuro da especie....

7 comentários:

Nuno Xavier disse...

Conheço perfeitamente esta façanha destes homens do Mar. Aliás comi alguns desses robalos que me foram ofertados. Nunca na vida haviam tido uma maré assim, até porque o barco pesca à sardinha. Peixe que até aos dias de hoje ainda não está a sofrer um decréscimo nos seus efectivos.
Quanto aos Robalos e a sua dizimação, também já pensei que os profissionais fossem o problema. Mas... depois de começar a reflectir a analisar os numero disponibilizados pela autoridade responsável pelas licenças de pesca desportiva, cheguei à conclusão de que os Lúdicos e os Pseudo-Lúdicos começam a passar os limites do aceitável. Somos realmente mais que muitos, muito acima dos profissionais registados. Somos mais especializados e temos muito mais conhecimento, tanto na forma como pescamos como no conhecimentos da espécie. Somos selectivos.
Um dia veremos um estudo que vai comprovar o que estou a dizer. Um dia talvez vamos só poder pescar apenas dois exemplares, independentemente do seu peso, como já se passa na Irlanda.
Um dia saberemos toda a verdade, ou talvez iremos só em busca de algo que já não existe, ou é muito raro.
Gostei da tua postura de não exprimires um comentário mais negativo à cerca do sucedido.
Teremos de ter sempre em mente que os nossos homens do mar são uns bravos, e não fazem melhor porque não sabem e nunca ninguém os ajudou.
Conheço bem demais esta história e podia dizer muito mais sobre ela e como muitos homens do mar são explorados por uma sociedade que não permeia o trabalho árduo. Foi um prazer imenso receber uns Robalos desses para me deliciar mais a família. Foi um prazer ver o sorriso estampado no rosto de quem os pescou.

Sem radicalismos... solto muito, mas os realmente grandes são a minha delicia. São o prémio que dou às minhas meninas como recompensa das horas que passo longe delas. São o Orgulho de ver o meu pai a deliciar-se. São quase a minha vida.

Abraço Paulo

Kaywox disse...

acredito que esses homens devem passar das boas e devem fazer uma pescaria dessas de 5 em 5 anos...digo eu...

por um lado penso que é o ganha pão deles...mas honestamente não acredito que eles nas arvores de fruto tirem tudo num dia para depois ficar a olhar...

creio que as leis é que estão mal, assim como as fiscalizações, deveria existir um defeso mas para todas as artes de pesca, porque assim não sei onde isto vai parar.

Paulo Martins disse...

Também cresci perto de uma comunidade piscatória, sei bem os defeitos e virtudes das suas gentes..

Este espaço é um espaço dedicado à pesca desportiva e o mar é de todos e deverá ser para todos..

A intenção do post não é denegrir a embarcação nem os seus tripulantes, não tenho esse direito mora

Quanto a stocks de robalos, não necessito de nenhum estudo que me confirme que as suas populações baixaram, está à vista de qualquer pescador que pesque à alguns anos.

O que eu defendo é uma ordenação territorial que salvaguardade interesses profissionais, lúdicos e ecossistemas, todos eles tem a sua cota parte de culpa na diminuição do peixe, em escalas diferentes, mas todos têm a sua parte da responsabilidade algo que num passado recente aqui escrevi

Tudo é sujeito a várias interpretações, a versões e a argumentos, muitas vezes gerando mal entendidos e posições mais exacerbadas.

Já tenho tempo suficiente de mundo virtual para saber que muitos assuntos podem gerar discussões acesas que acabam feridas de morte pela esterilidade do fundamentalismo e outros interesses , uma caixa de Pandora que não vou aqui abrir

Por isso este espaço será sempre um espaço onde vou explanando algumas ideias ou pensamentos, uns peixes e acima de tudo um sentido amor pela pesca.

Chatices e discussões dispenso bem porque a vida já é complicada o suficiente..

Abraços e boas pescas

Nuno Xavier disse...

Devido a noticias a que só hoje tive acesso, retiro a afirmação por mim proferida na terceira frase do meu comentário.
Tomei hoje conhecimento que a pesca à sardinha, em Portugal, está em vias de perder a certificação MSC. Uma certificação que garante a sustentabilidade da exploração pesqueira. Portugal e os seus armadores têm agora 90 dias para desenvolver e colocar em marcha um plano de recuperação das praticas pesqueiras para que a situação se reverta. Caso isto não aconteça perdem de vez uma certificação que conquistaram em Janeiro de 2010.

Mais uma vez se nota que ninguém ajuda esta gente a gerir o que tem.
Agora somos certificados. O nosso pescado vale mais alem fronteiras. Toca de apanhar mais e mais. Depois dá nisto.

Ricardo Ovar disse...

Estou completamente de acordo com a tua opinião.Mais uma vez obrigado por partilhares estas informações.
Grande abraço
Ricardo Ovar

pescador desconhecido disse...

Eu não quero estar aqui a criticar nem uns nem outros mas dizer que os lúdico matammais peixe dá vontade de rir, sendo ´prático e com palavras correntes sem muita prosa basta me fazer uma comparação, por exemplo aqui nas praias de gaia duvido que nem num ano todos os pescadors lúdicos juntos consigam fazer uma mossa destas, não é preciso fazer muitos cálculos basta ser realista , é óbvio que os profissionais apesar de serem muitos menos fazem mais mosssa pois pescam em grandes escalas , só num cerco um pescador profissional pode matar milhares de peixes, vocês sabem quantos lúdicos teriam de ser para fazer uma mossa destas!!!!!!!não tentem mandar areia para os olhos pois se não houvesse estes massacres em jeito de piada mas ainda pescariamos robalos como na pré história , é óbvio que os lúdicos fazem muita asneira , matam robalinhos de 20 cm , por vezes até de 10 cm e ainda dizem que sabem melhor que os outros , é óbvio que isto é ridiculo , mas vocês nesta foto já viram a quantidade de robalos velhos e exprientes bons criadores vão ali naquele barco, se virem alguns programas de pesca na tv dito por um biólogo faz muita mais mossa matar um peixe velho e já criador expriente.............por isso essa de os profissionais serem selectivos não conta......eu tenho muita pena de ter começado a pescar ha pouco tempo pois já não apanhei os anos dourados da pesca ao robalo , pelo menos aqui na minha zona parece que estou na era negra dos robalos algo se passa e sim o futuro é muito mau para esta espécie não é preciso ser nenhum vidente.Sem medidas preventivas isto será muito mau , eu acho que já o está a ser e não é apenas com a lei das medidas mínimas que se resolverá este problema, terá de ser feito muito mais.....

red_dream disse...

Escusado será dizer que grande parte do declínio desta espécie é devido a estes senhores que se intitulam de pescadores.

Se a pesca esta como esta hoje em dia é mesmo por estas e por outras muitas capturas que por vezes são feitas a margem da lei...infelizmente é assim em Portugal.