Seguidores

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

A temperatura da água no spinning

Por vezes nem tudo corre como queremos é assim na pesca e é assim na vida.. Gosto de pensar que a vida é feita de oportunidades, de pormenores, de decisões certas e erradas e de caminhos que escolhemos, na pesca as coisas também funcionam um pouco assim..

 Como sabem não gosto de fazer relatos de pescarias, não foi um dos propósitos do blogue quando o iniciei e não o será agora, respeito quem o faça e há excelentes espaços que reflectem esse espírito..

  Hoje vou falar de como correu o fim das jornadas de pesca em Julho , em que  alguns pormenores podem fazer a diferença,neste caso a temperatura da água

 Uma das vantagens de poder pescar nas praias adjacentes à foz dos rios, no meu caso concreto o Douro, é que beneficiamos directamente da sua influência nos peixes e nos seus ciclos. No ultimo mês de Julho a água do mar esteve com uma temperatura baixa para a época, a rondar os 15 graus ,não fazia adivinhar grandes resultados na pesca, em conversa com amigos sabia que a actividade do peixe era baixa , os relatos deles confirmavam o que pensava, temperatura do mar baixa actividade dos peixes muito reduzida.
 Sei por experiência de anos passados que com águas tão frias e o vento Norte a soprar intensamente o peixe entra no estuário , e mais uma vez este ano as coisas foram assim, durante um mês o peixe andou por vários km de estuário o que proporcionou excelentes momentos de pesca , pescar dentro de estuários é engraçado mas cansa pelo ambiente em si,

 Estava atento ao que se passava no mar e tinha chegado a altura de ir fazer umas brincadeiras na costa e porquê?
 A temperatura do mar subiu, o vento Norte acalmou durante uns dias e era previsível que ia haver capturas na costa, assim foi com algumas capturas diurnas à superfície , pelo silencio da noite os jerks mostraram todas as suas potencialidades e existiram momentos com várias capturas interessantes , foram várias jornadas de pesca em cenários de costa bem diferentes mas com capturas engraçadas e interessantes.
Faço spinning todo o ano e considero relativamente fácil apanhar robalos de Inverno, de Verão a história é muito diferente , falámos de uma pesca com um grau de dificuldade maior , o prazer que retiro de Verão é muito mais recompensador, as condições climatéricas são muito mais confortáveis, o material usado mais light e há menos pescadores nas praias
 Penso que na pesca há dias que pormenores não fazem diferença mas esses mesmos dias são escassos ou residuais, na maioria das nossas saídas de pesca são a soma de vários pormenores que fazem a diferença.

 Há um que é importante e que em todos os registos marca a diferença e a maneira com temos que abordar a jornada da pesca: a ÁGUA, muitas das vezes temos discussões, falámos de luas, de linhas, de canas, de animações mas por vezes esquecemo-nos do óbvio : a água que é onde habitam os nossos alvos.

 Ora vejamos :
 As cores das amostras são escolhidas em função da tonalidade da água em grande parte das vezes.

 O estado da ondulação obriga-nos a usar artificiais que se adaptem a mares mais ou menos formados, A mesma ondulação pode ou não provocar as condições ideais para os diferentes pesqueiros na costa.

 A temperatura da água , a temperatura por si só influencia a actividade predatória dos robalos e a movimentação de cardumes de peixes presa. Que nos adianta termos a lua perfeita( para aqueles que acreditam na sua enorme influencia na pesca) e um mar de 4 metros ? Ou temperaturas da água na casa dos 13 graus? Adianta muito pouco.. Quem manda é a água..

 As fotos não estão grande coisa mas por telefone são as possiveis..

5 comentários:

Manuel disse...

É verdade, a temperatura da água é um elemento, muito determinante.

Mas no Verão, principalmente este e para estes lados, tem havido uma grande concentração de caranguejo pilado, que faz com que os robalos, não tenham muito interesse, pelos nossos peixinhos. Porque sabem que estes fogem mais rapidamente e não estão para despender tanta energia quando caranguejo está logo ali.

Abraço

Os Pescas disse...

Concordo com muito do que escreves-te. Mas sou sincero tenho saudades do frio, lol.
Abraço, Filipe.

Ricardo Ovar disse...

Excelente artigo.A temperatura da agua é sem duvida um factor de grande importância na actividade do peixe.
Abraço

Paulo Martins disse...

Boas Filipe,

De inverno é outra paz, aqueles dias azuis de Janeiro são fantásticos..

Abraço

Paulo Martins disse...


Boas Manuel,

Concordo com o que afirma mas ainda se consegue capturar uns peixes com um pouco de paciência..

Abraço